Gripe aviária deixa leões-marinhos gripados no RS

1 min read

Depois das galinhas, a gripe aviária resolveu ampliar seu público para a turma dos leões-marinhos. O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) confirmou na quarta-feira (4) a detecção do vírus da influenza aviária de alta patogenicidade (IAAP), em leão-marinho-da-patagônia (Otaria flavescens), também chamado de leão-marinho -do-sul, encontrado na praia do Cassino, no município de Rio Grande, litoral do Rio Grande do Sul.

Felizmente… Esse é o primeiro foco de doença registrado em mamíferos marinhos no Brasil. Porém, essa gripe já atingiu nossos amigos ” leoninos hermanos” no Peru, Chile, Argentina e Uruguai.

E o que a gente faz? A recomendação do Mapa é para os moradores do local evitarem se aproximar da área onde os focos foram confirmados.

Mas só para lembrar, vocês podem continuar comendo seus franguinhos e ovos numa boa. Não há risco no consumo de carnes de aves e nem de ovos operacionais, ou seja, que tenham os selos de inspeção: SIF, SIE, SIM ou SISBI.

*Com informações do Mapa

Veja mais

Agro Ok

+ There are no comments

Add yours