No Mato Grosso, o algodão tira férias

2 min read

Em 87 cidades do estado do Mato Grosso, o período do vazio sanitário do algodão está em pleno vigor. Ou seja, as plantinhas vão dar um tempo, e não querem ser incomodadas até o fim do prazo.

Para aplicar essa medida, o estado foi dividido em duas grandes regiões. Na região I, que vai do Sul até o Vale do Araguaia, o sanitário vazio do algodão começou em 1º de outubro e vai até 30 de novembro. Já a região II, abrangendo o Norte e Oeste, teve uma medida estabelecida entre 15 de outubro e 14 de dezembro.

Nesta semana, o vazio sanitário do algodão deu início na região I. O objetivo? Impedir a regulamentação do temido bicudo-do-algodoeiro, o principal vilão das plantações de algodão e suas companheiras .

A partir da segunda quinzena deste mês, os 54 municípios da região II também deverão aderir ao vazio sanitário do algodão.

Durante esse período de descanso para as plantas, haverá fiscalizações nas propriedades dos produtos de algodão do estado para garantir o cumprimento da medida fitossanitária. No ano passado, na safra de 2021/2022, foram 1.393 fiscalizações.

E pode fazer no bolso . Os teimosos que descumprirem o prazo do vazio sanitário do algodão podem render uma multa de R$ 6.895,50, mais R$ 459,70 por hectare. É melhor não arriscar, né?

Veja mais

Agro Ok

+ There are no comments

Add yours