O que é o mercado de carbono e por que o agro ficou fora dele?

2 min read

Você piscou e já temos mais um assunto em alta: o mercado de carbono. No dia 4 de setembro, a Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado aprovou um projeto sobre isso. Mas, peraí, o que é isso? O mercado de carbono é como um jogo em que as empresas têm que controlar a quantidade de gases do efeito estufa que liberam.

As empresas que liberam mais de 10 milhões de toneladas de CO2 por ano terão que seguir regras desse mercado de carbono. E se passarem das 25 milhões de toneladas de CO2, vem multa por aí.

Já… as empresas que poluem menos,essas podem vender créditos para as que exageram na poluição. Ou seja, estão mudando a redução da poluição em dinheiro! É o “capitalismo verde” em ação.

E onde o agro entra nesta história? A Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) fez um acordo para que o setor ficasse de fora dessas regras. A senadora Leila Barros, relatora do projeto, argumentou que não dá para medir a poluição das atividades agrícolas. E que país nenhum do mundo colocou o agro no mercado de carbono.

Todos na santa paz…  O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, elogiou esse acordo, dizendo que o Brasil está esperando o que o mundo todo fez, não quer mexer com o agro nesse assunto.

Veja mais

Agro Ok

+ There are no comments

Add yours