Será preciso uma vaquinha online para salvar o setor leiteiro?

1 min read

Acaba pelo amor de Deus…. essa deve ser a frase mais comum entre os produtores de leite sobre a crise no preço. Com a quinta queda consecutiva registrada no preço médio do leite cru, de acordo com o Levantamento do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) da Esalq/USP, a situação está cada vez mais difícil. 

Em queda livre. Com uma queda de 9,08% de agosto para setembro, o preço médio atingiu R$ 2,0509/litro na “Média Brasil” líquida, representando um recuo de impressionantes 31,54% em termos reais em comparação ao mesmo período do ano anterior.

A culpa dessa tendência descendente é atribuída ao aumento da disponibilidade interna de lácteos, impulsionado pelo avanço da captação nacional, importações elevadas e um mercado interno altamente sensível a oscilações de preço.

Leite gringo dominando a parada. Enquanto isso, as importações de leite estrangeiro atingiram níveis recordes, totalizando 1,6 bilhão de litros em equivalente leite, quase o dobro do volume registrado no mesmo período do ano anterior. 

Veja mais

Agro Ok

+ There are no comments

Add yours