Grãos brasileiros em turismo internacional; exportações crescem

2 min read

O milho e a soja brasileira estão em uma competição acirrada para ver quem consegue acumular mais carimbos no passaporte. A soja decolou como um foguete, atingindo 6,4 milhões de toneladas. 

Enquanto isso, o milho está no estilo “não tenho pressa”, com 8,76 milhões de toneladas – deve estar curtindo uma viagem mais tranquila, parando para admirar as paisagens. Os números são em relação aos embarques em setembro de 2023.

No acumulado do ano esses grãos também estão muito saideiros. A soja já está com 87,2 milhões de toneladas no currículo, deixando o ano passado no chinelo com seus 70,4 milhões. O milho, por sua vez, está rodando tanto que parece estar em uma volta ao mundo – já acumulou 34 milhões de toneladas comparado aos 24,2 milhões do ano passado. Deve estar querendo quebrar um recorde de quilometragem.

Ah, e não vamos esquecer do farelo de soja! Ele está saindo com toda a pompa, com 16,9 milhões de toneladas contra os 15,9 milhões do ano passado. Se o farelo de soja fosse uma pessoa, Santos seria o seu porto favorito – 41,6% de tudo que ele manda para fora passa por lá. 

Veja mais

Agro Ok

+ There are no comments

Add yours