Chuva não para no PR: Soja e milho que se cuidem

1 min read

Sem trégua. Em outubro, a chuva resolveu aparecer para valer na maioria das regiões do Paraná. E não foi só isso, ela deu  uma balançada na plantação da primeira safra de soja e milho

Em Curitiba, choveu mais de 560 mm, enquanto no ano passado mal passou dos 144mm. É muita água. Guarapuava também entrou na onda, com uns 585 mm de chuva, quase metade a mais do que em 2022. E em Pato Branco, o negócio foi sério, viu? A estação meteorológica registrou uns 653 mm de chuva. Parece até que o céu abriu as comportas de vez!

E na agricultura o produtor já está de cabelo em pé (molhado na verdade rsrs). A soja deu uma leve chacoalhada com essas chuvas, mas não foi nada demais, tá suave. Só 1% das lavouras tá naquela vibe ruim, o resto tá de boas, quase 100% sorrindo à toa.

Já o milho sentiu mais o tranco, porque foi plantado antes da soja e pegou mais chuva no sul do estado. Mas olha lá, 83% tão de boa, 15% tão mais ou menos e só 2% meio tristinho.

Veja mais

Agro Ok

+ There are no comments

Add yours