Procura-se laranjas

2 min read

Os preços da laranja estão mais altos que a autoestima de muita gente por aí. A frutinha está mais valorizada que a nota de R$ 200 (pra falar a verdade, acho que nem cheguei a ver uma), e a culpa é da escassez do produtor.

Parece que a laranja virou o diamante das frutas, e a oferta limitada não está dando conta de satisfazer a galera, especialmente com esse calor. Um suco natural ia muito bem agora.

Segundo os “informantes” do Cepea (aqueles que têm contato direto com as laranjas, mas nunca revelam suas identidades), a demanda está crescendo. E não é só isso, as temperaturas elevadas estão fazendo as laranjas sumirem do mapa, ops, dos pomares. 

Na parcial desta semana (segunda a quinta-feira, porque até a laranja tira folga no fim de semana), o tipo pera está sendo vendido a R$ 77,10 por caixa de 40,8 kg, na árvore. Olha só, avanço de 5,21%. E a variedade folha murcha? Essa teve um avanço de 8,46%, chegando à média de R$ 64,06 por caixa. 

A lima ácida tahiti, coitada, continua meio esquecida, mas não podemos deixar de dar os parabéns por tentar. Mesmo com a pequena recuperação nas últimas semanas, a oferta dessa belezinha diminuiu. Na parcial desta semana, a média ficou em R$ 13,19 por caixa de 27 kg, colhida. Alta de 3,71%.

Veja mais

Agro Ok

+ There are no comments

Add yours